Tectônica e estratigrafia do Grupo Açungui, PR

A. P Fiori

Resumo


O presente trabalho mostra os resultados alcançados no estudo do Grupo Açungui na região de Rio Branco do Sul, Estado do Paraná. Em termos estruturais três sistemas de deformação foram reconhecidos. O mais antigo, denominado de Sistema de Cavalgamento Açungui, engloba diversas estruturas como falhas de cavalgamento, foliações S1 (ou C), S e S2, dobras-falha D1 e lineações dos tipos "a" e "b". O segundo, denominado de Sistema de Dobramento Apiaí, inclui dobras de estilos e escalas variadas, delineadas por estruturas anteriormente formadas, enquanto o terceiro, denominado de Sistema de Transcorrência Lancinha, inclui os principais lineamentos da área estudada. Em termos estratigráficos, o Grupo Açungui é constituído por diversos conjuntos litológicos, na maioria das vezes, separados uns dos outros por falhas de cavalgamento. Cada conjunto tem uma organização litológica interna própria, que representa parte da coluna estratigráfica original. Como conseqüência, a atual estratigrafia do Grupo Açungui não é original, mas reflete o resultado do empilhamento mais ou menos aleatório de fatias tectônicas, cada uma contendo um ou mais conjuntos litológicos, com ordenação interna regular

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v23i0p55-74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.