Petrografia e geoquímica da formação Água Clara - região de Araçaíba, SP

M. H. B. O Frascá, M. C. H Figueiredo, M. A Almeida, J. M. V Coutinho

Resumo


A Formação Agua Clara na região de Araçaíba, Vale do Ribeira, SP, é composta por rochas de origem vulcano-sedimentar que foram, neste trabalho, objeto de estudo petrográfico e litoquímico. Os metassedimentos desta seqüência são predominantemente mármores puros e impuros, e rochas calciossilicáticas provenientes do metamorfismo de baixo a médio grau de rochas carbonáticas e margosas. As rochas calciossilicáticas constituem o litotipo predominante e são invariavelmente bandadas. Compõem-se de diopsídio, tremolita-actinolita, quartzo e biotita/flogopita nas mais diversas combinações nas diferentes bandas. Podem apresentar estrutura orientada ou isótropa. Nos mármores predomina ora calcita, ora dolomita, e nos termos impuros ocorrem tremolita-actinoiita e flogopita. As rochas metabásicas têm ocorrência generalizada, principalmente na forma de pequenos corpos associados às calciossilicáticas. Apresentam coloração cinza escura e são constituídas principalmente de hornblenda ou actinolita, plagioclásio e epídoto. Feições mineralógicas e texturais indicam uma origem ígnea para estes litotipos. Os mármores e rochas calciossilicáticas têm composições químicas semelhantes às de sedimentos carbonáticos e de misturas carbonato - pelitos depositados durante o estágio rift da bacia. Há variação faciológica destas rochas, com predominância de rochas carbonáticas e calciossilicáticas ricas em pelitos a leste, e de misturas carbonato-pelito a oeste. O magmatismo básico parece ter se desenvolvido em diversos ambientes tectônicos. Um primeiro evento magmático de natureza toleítica teria ocorrido nos estágios iniciais de fechamento da bacia e corresponderia a toleítos de arco de ilhas imaturo. Basaltos shoshoníticos, possivelmente relacionados a margens continentais ativas, estariam associados a uma maior maturidade deste arco magmático, sugerindo estágios finais de fechamento da bacia. Posteriormente, porém relacionado a eventos Pré-Cambrianos, teria ocorrido magmatismo básico com características de toleítos continentais. Durante o Mesozoíco, ter-se-ia a repetição deste evento, quando da intrusão dos diques de diabásio

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v21i0p73-92

Apontamentos

  • Não há apontamentos.