Regressões lineares em geocronologia: isócronas, errócronas e pseudoisócronas

K Kawashita, I. K Sonoki, K Sato, H. M Sonoki

Resumo


Diversos métodos de regressão linear propostos na literatura, para fins geocronológicos, são discutidos de modo a orientar os geocronólogos na escolha de modelos adequados e também distinguir entre isócronas, errócronas ou pseudoisócronas. No caso do método isocrôni co Rb/Sr, são disponíveis pelo menos 6 modelos ou abordagens estatísticas, cada qual com peculiaridades específicas. Exemplifica-se o caso em que os pontos se alinham dentro dos erros experimentais e utilizando modelos, adequados ou não, que empregam a técnica de pondera ção dos pontos, os parâmetros resultantes são praticamente concordantes, porém os erros podem variar até por um fator tão alto quanto 7, conforme a formulação estatística proposta. Em vista deste fato, propõem-se, com base também em exemplos, os modelos mais adequados e também critérios gerais que devem ser observados até na seleção de amostras para a obtenção de isócronas. Nos casos em que os pontos não se alinham dentro dos erros experimentais, por causas geológicas (sistema aberto), são abordados 4 dos modelos sugeridos e é feita também uma discussão em que casos seriam aplicáveis. No método da concórdia Pb/U, em que as regressões usuais também são aplicáveis para determinar a melhor reta, algumas particularidades adicionais são discutidas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v21i0p53-72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.