Pavimento estriado da glaciação neopaleozóica, em Alfredo Wagner, Santa Catarina, Brasil

A. C Rocha Campos, L. C. R Machado, P. R. dos Santos, J. R Canuto, J. C. de Castro

Resumo


Estrias e fraturas de fricção glaciais (fraturas em crescente, e fraturas lunadas ou sulcos em crescente) ocorrem sobre o embasamento granítico pré-cambriano, recoberto por diamictitos e folhelho da Formação Rio do Sul (Subgrupo Itararé), na região centro-sul de Santa Catarina. As feições indicam que o gelo neopaleozóico moveu-se de SE-NW na área

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v19i0p39-46

Apontamentos

  • Não há apontamentos.