Análise das Variações de Descargas Atmosféricas e de Precipitação Geradas por um Sistema Convectivo no Sudeste Brasileiro

Luciana Cardoso Neta, Carina Klug Padilha Reinke, Eliton Lima de Figueiredo, Roseli Gueths Gomes

Resumo


Neste trabalho são analisadas as variações, no espaço e no tempo, das descargas atmosféricas e da precipitação em superfície provocadas por um sistema convectivo ocorrido na região sudeste do Brasil em outubro de 2007. Foram utilizadas imagens do satélite GOES-10 no canal infravermelho para identificar e rastrear o sistema, dados de descargas atmosféricas detectadas pela RINDAT e de precipitação em superfície de estações automáticas também foram utilizados. Logo após sua formação, este sistema evoluiu como um sistema linear, depois se transformou em um sistema quase circular para, após nova transição, entrar em processo de dissipação. Cada uma das fases de transição apresentou características únicas na evolução das descargas atmosféricas e da precipitação em superfície. A maioria das descargas atmosféricas foi negativa, com tendência a se posicionarem de maneira agrupada, enquanto que as positivas ocorreram de maneira mais espalhada.

Palavras-chave


Tempestade; Convecção profunda; Descarga atmosférica; Precipitação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2014_2_89_99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank