Variáveis Condicionantes na Susceptibilidade de Incêndios Florestais no Parque Nacional do Itatiaia

Marlon Thiago de Oliveira Nunes, Gustavo Mota de Sousa, Gustavo Wanderley Tomzhinski, José Francisco de Oliveira-Júnior, Manoel do Couto Fernandes

Resumo


O grande número de incêndios florestais que atingem o Parque Nacional do Itatiaia (PNI) é motivo de preocupação, pois eles modificam a paisagem e acarretam perda de flora e fauna. Desta forma, torna-se importante a criação de metodologia que ajude na identificação de fatores que influenciam a susceptibilidade a incêndios. Este trabalho tem como objetivo avaliar variáveis geomorfológicas (forma da encosta, radiação solar global, declividade e altitude) e meteorológicas (chuva) na ocorrência de incêndios. Para atingir o objetivo foi utilizado o Modelo Digital de Elevação (MDE) gerado a partir de cartas topográficas e dados pluviométricos de três estações presentes no PNI e arredores. Este MDE possibilitou a criação das variáveis geomorfológicas, e os dados pluviométricos possibilitaram o cálculo do Standardized Precipitation Index (SPI). As variáveis obtidas foram comparadas com os Relatórios de Ocorrência de Incêndio (ROI), e os resultados mostram que as variáveis geomorfológicas mais significativas foram a forma da encosta e a radiação solar global. O índice SPI introduziu novos indicativos temporais para o melhor entendimento do comportamento da ocorrência dos incêndios florestais no PNI.

Palavras-chave


Incêndios florestais; Variáveis geomorfológicas, SPI; Índice de Precipitação Padronizado

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2015_1_54_62

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank