Análise de Biofácies dos Depósitos do Oligoceno Superior (Formação Qom) na Zona Urumleh Dokhtar, Irã

Iraj Maghfori Moghadam, Zohre Holakouee, Mehdi Yazdi, Bizhan Yousefi

Resumo


De modo a determinar as condições paleoambientais da Formação Qom, uma seção estatigráfica foi estudada na Zona Urumieh-Dokhtar (Oeste de Ashtian). Seções de 60 m de espessura da Formação Qom (a qual possui 71 m de espessura) foram preparadas e a distribuição de foraminíferos bentônicos foi analisada. Com base nos foraminíferos reconhecidos, a idade da Formação Qom foi estimada em Oligoceno Final (Chattiano). Neste estudo, seis diferentes biofácies e duas litofácies foram reconhecidas, sendo agrupadas em dois ambientes deposicionais: fundo de rampa (canal aluvial, laguna e bancos arenosos) e rampa (proximal, media e distal). O canal aluvial é caracterizado pela litofácies Gms (cascalho matriz-suportado). Os bancos arenosos são representados por arenito médio a fino: litarenito submaduro cimentado por calcita. A laguna é dominada pela presença de wackestone- contendo bioclastos de corais e briozoários e por wackstone-packstone com bioclastos de corais e foraminíferos. A rampa proximal é caracterizada por wackestonepackstone contendo bioclastos de foraminíferos bentônicos (perforados e imperforados), enquanto a rampa média é representada por wackestone-packstone contendo bioclastos de foraminíferos perforados e packstone contendo bioclastos de Operculina. A rampa distal é caracterizada por argilitos contendo bioclastos de foraminíferos bentônicos e planctônicos.


Palavras-chave


Formação Qom; Mioceno; Paleoambiente; Rampa; Urumieh Dokhtar; Irã.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2017_2_163_179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank