Eficiência de Malhas Amostrais na Caracterização da Variabilidade Espacial de Atributos Físicos do Solo

Fabiane Pereira Machado Dias, João Rodrigo de Castro, Flávia de Jesus Nunes, Ana Carolina Rabelo Nonato, Fábio Botelho Júnior, Jondson Augusto Rebouças Fé, Davi Ney Santos, Júlio César Azevedo Nóbrega Azevedo Nóbrega

Resumo


O avanço do conhecimento da variabilidade espacial dos atributos do solo, por meio do uso de ferramentas da agricultura de precisão e geoestatística, tem sido considerado como uma estratégia de manejo que visa maximizar a produtividade agrícola. Objetivo foi avaliar a eficiência de malhas amostrais na caracterização da variabilidade espacial dos atributos físicos do solo na cultura do fumo. O trabalho foi desenvolvido na Fazenda Capivari, no município de Governador Mangabeira, Bahia. Avaliou-se: resistência do solo à penetração de raízes e condutividade hidráulica em duas malhas regulares, de 15x15 e 25x25 m, georreferenciadas. A resistência à penetração foi avaliada mediante o uso de penetrômetro de impacto. A determinação da condutividade hidráulica foi realizada por meio de ensaios em permeâmetro de carga constante. Os valores de resistência à penetração da malha 1 (15x15m) concentraram-se na faixa de pouca limitação a penetração de raízes, enquanto que na malha 2 (25x25m) no perfil abaixo dos 0,40 m valores superiores a 2,6 MPa, o que já implica em algumas limitações à penetração de raízes. Os dados demonstram que a malha amostral de maior dimensão apresenta grande potencial em detectar diferentes escalas de variabilidade espacial dos atributos físicos avaliados em Latossolos sob cultivo de fumo.


Palavras-chave


Compactação do solo; Condutividade hidráulica; Fumo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2017_2_31_36

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank