Representações de ambiente e educação ambiental: implicações na práxis educativa de professores de ensino fundamental em Moju, PA, Brasil

Manoel Francídio Mendes Pinho, Thiago Correia Ferreira, Priscyla Cristinny Santiago da Luz, Lucídia Fonseca Santiago

Resumo


A Educação Ambiental (EA), afirmada em documentos e políticas educacionais, justifica-se por tratar questões ambientais como essenciais no espaço escolar e para a formação da cidadania socioambiental. Neste processo, o professor tem papel preponderante, visto que é ele quem media o processo educativo e possibilita a construção da aprendizagem entre os alunos. Este estudo investigou as Representações de Ambiente e EA de docentes em uma Escola Municipal de Ensino Fundamental do município de Moju-Pará, buscando discutir como estas representações se refletem em seu fazer pedagógico. A pesquisa qualitativa se caracteriza como um Estudo de Caso, em que foram utilizados entrevista e questionários para coleta de dados. As categorias construídas foram baseadas na Análise de Conteúdo e destacaram as seguintes representações de ambiente: antropocêntrica, naturalista e globalizante, enquanto as representações de EA situaram-se nas perspectivas: preservacionista-conscientizadora, adestradora, instrutiva e transformadora.


Palavras-chave


Representação social; Educação básica; Formação de professor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20396/td.v13i3.8651224

Apontamentos

  • Não há apontamentos.