Quantificação dos componentes de vazão por meio de filtros recursivos: estudo de caso da Bacia do Rio Paracatu (SF-7), Brasil

Vitor Vieira Vasconcelos, Paulo Pereira Martins Junior, Renato Moreira Hadad

Resumo


A quantificação dos componentes de vazão é importante para a gestão de recursos hídricos. Empregaram-se, neste estudo, filtros recursivos de sinais para delimitação dos fluxos de base, interfluxo e rápido de sub-bacias aninhadas na Bacia do Rio Paracatu (SF-7). Preliminarmente, os dados de vazão tiveram sua consistência avaliada por meio de análises de estacionalidade e preenchimento multivariado das lacunas de dados. Apresenta-se uma metodologia em que os filtros são calibrados pela influência do escoamento superficial e pela inflexão na curva de recessão do período sazonal de seca. Os filtros foram aprimorados por uma restrição lógica, que limita a sobre-estimação da vazão à cada iteração do algoritmo. Os resultados foram condizentes com estudos prévios e com mapeamentos hidrogeológicos e climatológicos.

Palavras-chave


Hidrogeologia;Hidrologia;Filtros recursivos de sinais;Fluxo de base;Aquíferos;Gestão de recursos hídricos

Texto completo:

PDF (English) EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1519-874X2013000100001

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank