Estratigrafia e geocronologia do greenstone belt de Guarinos, Goiás

Hardy Jost, Vinícius Gomes Rodrigues, Marcelo Juliano de Carvalho, Farid Chemale Junior, Juliana Charão Marques

Resumo


O greenstone belt de Guarinos é uma das três faixas de rochas supracrustais de baixo grau metamórfico marginadas por ortognaisses do extremo norte do Bloco Arqueano de Goiás. A investigação da estratigrafia daquelas faixas iniciou no final da década de 1970, com modificações ao longo dos anos em decorrência de mapeamentos geológicos de detalhe. A proposta estratigráfica mais recente em vigor do greenstone belt de Guarinos reúne as rochas supracrustais no Grupo Guarinos, subdividido nas formações Serra do Cotovelo (metakomatiitos), Serra Azul (metabasaltos), São Patricinho (metaturbiditos máficos), Aimbé (BIF) e Cabaçal (filitos carbonosos e metarenitos impuros). O mapeamento de detalhe e os resultados de sondagens do programa de exploração mineral na área pela Yamana Desenvolvimento Mineral S.A. possibilitaram redefinir a Formação Cabaçal e desdobrá-la em um membro inferior de filitos carbonosos com intercalações de derrames de basalto e lentes de gondito; um intermediário de horizonte de gondito e formação ferrífera com metachert e barita maciça; e um superior de filito carbonoso com eventuais lentes de metachert. Os metarenitos impuros, por seu turno, são propostos sob a denominação de Formação Mata Preta, a qual está lateralmente interdigitada com as rochas da Formação Cabaçal. Dados geocronológicos U-Pb obtidos por LA-ICP-MS em cristais detríticos de zircão dos turbiditos máficos da Formação São Patricinho e dos metarenitos da Formação Mata Preta indicam área fonte dominada por rochas do Sideriano e Riaciano, com parcial participação de fonte Arqueana. A natureza dos litotipos das formações Cabaçal e Mata Preta e as relações de contato entre ambas sugerem que o estágio de bacia que representam evoluiu a partir de importante evento anóxico oceânico mundial de 2,2 a 2,06 Ga e responsável pela Formação Cabaçal. O ambiente euxênico foi contemporâneo com um arco magmático que atuou como fonte da carga clástica dos arenitos da Formação Mata Preta.

Palavras-chave


Greenstone belt de Guarinos;Goiás;Revisão estratigráfica;Geocronologia;Evolução de bacia

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1519-874X2012000200003

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank