Comportamento hidrodinâmico de sistemas cársticos na bacia do rio Betari, Município de Iporanga - SP

José Antonio Ferrari, Ivo Karmann

Resumo


Técnicas estatísticas para séries temporais foram utilizadas para analisar hidrogramas de nascentes e registros de precipitação pluviométrica com o objetivo de caracterizar os fluxos de aqüíferos cársticos de um planalto do Vale do Ribeira. As análises estatísticas mostraram nascentes com características contrastantes: uma extremamente inercial, e outra que responde prontamente aos impulsos de precipitação e retorna ao estágio pré-impulsional em pouco tempo. As diferenças são explicadas a partir da geometria e dinâmica do fluxo dos sistemas (evidenciados em testes com traçadores); dos diferentes estilos de recarga identificados pelo mapeamento de feições cársticas de superfície e por modelos que relacionam o comportamento do fluxo com a estrutura da drenagem subterrânea. A nascente inercial está associada a um sistema com estrutura de drenagem distributiva e a uma recarga dispersa em pequenas bacias. A nascente diligente faz parte de um sistema caracterizado por uma estrutura de drenagem convergente (parte dela ao longo do principal sistema de cavernas do planalto) e a uma recarga concentrada em grandes pontos de captação associados às maiores bacias de recarga alóctone.

Palavras-chave


caracterização de aqüíferos cársticos;análises de correlação e espectrais;ondeletas

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/z1519-874x2008000100001

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank