U-Pb e Sm-Nd em Ortognaisses Riacianos e Estaterianos nos Terrenos Rio Piranhas-Seridó e Jaguaribeano, Província Borborema, Brasil

Jaziel Martins Sá, Laécio Cunha de Sousa, Jean Michel Legrand, Antonio Carlos Galindo, Heitor Neves Maia, Rafael Rabelo Fillippi

Resumo


A zona de cisalhamento Portalegre separa os terrenos geológicos Rio Piranhas-Seridó e Jaguaribeano do Domínio Setentrional da Província Borborema, com gnaisses bandados dos Complexos Caicó e Jaguaretama representando os respectivos embasamentos destes terrenos. Análises U-Pb forneceram idades de 2.193 ± 16 Ma para os ortognaisses do Complexo Jaguaretama, resultados muito similares às determinadas para o Complexo Caicó. Idades T DM Sm-Nd nesses Complexos forneceram valores neoarqueanos (ca. 2,5 Ga), com εNd(t) muito próximos ao CHUR. Intrudindo as rochas do Complexo Jaguaretama, destacam-se corpos alongados, foliados e com pórfiros estirados, denominados de Suíte Serra do Deserto. Estes forneceram idades de cristalização a 1.777 ± 8 Ma, ratificando um período extensional que ocorreu no Estateriano, bem representado no terreno Jaguaribeano por sequências vulcanossedimentares e plutônicas Tipo-A. Augen gnaisses com texturas similares, denominados de Suíte Poço da Cruz, são encontrados intrudindo o Complexo Caicó no terreno Rio Piranhas-Seridó, porém, as idades registradas por todo este domínio são predominantemente Riacianas (ca. 2,2 Ga) e de afinidades cálcio-alcalinas, indicando que estes augen gnaisses possuem diferentes assinaturas e estão bem separados no tempo. Além disso, além dos dados geofísicos prévios que sugerem esta divisão de Terrenos marcada pela Zona de Cisalhamento Portalegre, os Complexos Caicó e Jaguaretama exibem diferenças composicionais marcantes. Corpos de anfibolitos alongados e concordantes a subconcordantes com o bandamento do Complexo Caicó e importante contribuição sedimentar na constituição do Complexo Jaguaretama com importantes intercalações de mármores são algumas destas diferenças.

Texto completo:

PDF (English) EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1519-874X201400030007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank