Idades U-Pb de zircão detrítico da sequência metassedimentar superior na região do Greenstone Belt de Guarinos, Goiás

Alex Joaquim Choupina Andrade Silva, Luiz Sérgio Amarante Simões

Resumo


Na porção norte do Bloco Arqueano de Goiás ocorrem dois greenstone belts (Guarinos e Pilar de Goiás) cobertos por uma sequência metassedimentar, atribuída por diversos autores ao Grupo Araxá e por outros ao Grupo Serra da Mesa/Serra Dourada e, ainda, referida por alguns simplesmente como uma Sequência Mesoproterozoica. Embora ocorram semelhanças litoestratigráficas entre os grupos Araxá e Serra da Mesa, trabalhos mais recentes têm mostrado que a evolução dessas bacias e as suas idades de sedimentação possuem peculiaridades que as diferenciam entre si. Este trabalho apresenta dados geocronológicos U-Pb em zircão detríticos obtidos pelo método ablação a laser (LA-MC-ICP-MS) em amostras de quartzitos dessa sequência metassedimentar. O zircão mais jovem encontrado apresenta idade de 1405 ± 10 Ma, marcando o limite máximo de deposição e indicando área-fonte com rochas do  Mesoproterozoico. As amostras apresentam maior frequência de cristais paleoproterozoicos, entre 1796 e 2472 Ma, e populações mais antigas, de idade mesoneoarqueana, entre 2672 e 3112 Ma. Enquanto os detritos paleoproterozoicos a arqueanos podem ser provenientes das rochas que constituem o Bloco Arqueano de Goiás, a fonte para o conjunto mesoproterozoico é duvidosa; talvez esteja relacionada a rochas da Província Estanífera de Goiás, ou equivalentes.


Palavras-chave


Proveniência; U-Pb em zircão detrítico; Greenstone Belt de Guarinos.

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v17-121102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank