Seções de referência de subsuperfície da aloformação Paranavaí

Alethéa Ernandes Martins Sallun, Marcos Saito de Paula, José Maria Azevedo Sobrinho, William Sallun Filho, Márcio Yee, Sonia Hatsue Tatumi, Ramos Aluisio, Sérgio Ricardo Christofoletti, Rosangela do Amaral, Bruna Catarino Xavier

Resumo


A Aloformação Paranavaí é uma unidade geológica quaternária definida na Bacia Hidrográfica do Alto Rio Paraná (SP, PR e MS), composta por depósitos coluviais originados a partir de unidades litoestratigráficas cretáceas da Bacia do Paraná. Os depósitos sedimentares são arenosos, inconsolidados, de coloração vermelho-acastanhada, homogêneos e maciços, comumente confundidos com solos e formações superficiais. Para o estabelecimento de seções de referência de subsuperfície para a Aloformação Paranavaí, foram obtidos testemunhos de sondagem em duas regiões no oeste paulista. Foi conduzido um estudo com diversos parâmetros (texturais, mineralógicos, geoquímicos, isotópicos e geocronológicos) nos sedimentos da Aloformação Paranavaí e do Grupo Bauru. Foram estabelecidas duas novas seções de referência para completar o estratótipo-de-unidade composto estabelecido: seção de referência Rancharia (idades luminescentes entre 71.650 ± 9.000 a 557.000 ± 65.000 AP) e seção de referência Oriente (83.000 ± 8.500 a 436 ± 53.000 anos AP). Idades luminescentes obtidas são crescentes de acordo com a profundidade da Aloformação Paranavaí, enquanto que os sedimentos do Grupo Bauru apresentam idades superiores ao alcance do método geocronológico empregado. Os dados obtidos nas seções de referência apresentam variabilidade em padrões de diversos parâmetros, comprovando diferentes gerações de deposição coluvial ao longo do Quaternário, no oeste paulista.

Palavras-chave


Aloformação Paranavaí;Seção de referência;Colúvio;Quaternário

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1519-874X2011000200002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank