Geologia e Geocronologia do Maciço Alcalino Máfico-Ultramáfico Ponte Nova (SP-MG)

Rogério Guitarrari Azzone, Excelso Ruberti, Gaston Eduardo Enrich Rojas, Celso de Barros Gomes

Resumo


O maciço alcalino máfico-ultramáfico Ponte Nova, localizado no setor norte da Província Serra do Mar, junto à porção oriental da Serra da Mantiqueira, na região Sudeste do Brasil, encontra-se encaixado em granitoides e gnaisses migmatíticos Pré-Cambrianos. O maciço apresenta duas áreas distintas de exposição, estando ambas separadas por rochas do embasamento: uma maior (~5,5 km²), de forma elíptica e com grande variedade de litotipos; outra menor (~1 km²), de forma irregular e petrograficamente menos complexa, e situada a sul da primeira. É predominantemente composto por uma associação gabroide alcalina, gerada por sucessivos pulsos magmáticos. As rochas mais abundantes são cumulatos máficos e ultramáficos (e.g., olivina clinopiroxenitos e melagabros com olivina) presentes nos níveis inferiores do maciço, ao lado de rochas gábricas e monzogábricas porfiríticas, equigranulares e bandadas nos níveis superiores, todos representativos da evolução magmática dos principais pulsos. Um corpo de brecha magmática e uma suíte de diques (lamprófiros a tefrifonólitos) interceptam todas as rochas intrusivas. Análises geocronológicas por K/Ar para diferentes rochas indicam uma idade média de 87,6 Ma (Cretáceo Superior), que é similar às obtidas para as demais ocorrências do setor norte da referida província. A incompatibilidade das idades torna difícil sustentar a hipótese de sua associação genética com a pluma mantélica de Trindade

Palavras-chave


Magmatismo alcalino;Província Serra do Mar;Cumulatos máfico-ultramáficos;Geocronologia

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/z1519-874x2009000200002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank