Geocronologia Rb-Sr e Características Geoquímicas dos Diques Máficos da Região de Nova Lacerda e Conquista DOeste (MT), Porção Sudoeste do Craton Amazônico

Paulo César Corrêa da Costa, Vicente Antonio Vitório Girardi, João Batista de Matos, Amarildo Salina Ruiz

Resumo


Diques máficos NNW da região de Nova Lacerda e Conquista DOeste, em Mato Grosso, intrudem o Granito Nova Lacerda (1462 ± 12 Ma) pertencente ao Domínio Jauru da Província Rondoniana-San Ignacio (1,55 - 1,3 Ga), na parte SW do Craton Amazônico. São representados por diabásios, metadiabásios e anfibolitos. Os metadiabásios são produtos da uralitização dos diabásios. Tais rochas possuem afinidade toleítica e composição predominantemente basáltica, com ligeira variação para andesito-basáltica. Datações Rb-Sr indicaram idades de 1380 ± 32 Ma para os diabásios e de 1330 ± 120 Ma para os metadiabásios. Dados geoquímicos indicam que a variação composicional de diabásios e metadiabásios decorre de cristalização fracionada a partir de magmas toleíticos evoluídos. A origem dos magmas basálticos deve estar relacionada a uma fonte mantélica heterogênea

Palavras-chave


Diques máficos;Geoquímica;Geocronologia;Craton Amazônico

Texto completo:

PDF EPUB


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1519-874X2009000100008

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank