Bentonitas da Formação Irati no setor sul da Bacia do Paraná

Aurelio Fagundes Silva, Norberto Dani, Marcus Vinicius Dornelles Remus, Margot Guerra Sommer, Bruno Ludovico Dihl Horn

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar e apresentar argumentos mineralógicos e químicos que demonstrem a existência de níveis de bentonitas inseridos na Formação Irati, em afloramentos a leste da cidade de Aceguá, sul do Rio Grande do Sul. Tratam-se de níveis com pequena espessura (em média 4 cm) e grande extensão lateral, constituídos de argilitos maciços branco-acinzentados a esverdeados que, em campo, contrastam com os folhelhos que compõem a Formação Irati. As bentonitas da Formação Irati se caracterizam por serem compostas predominantemente por Ca-montmorilonita e formam a matriz fina da rocha, na qual se encontram dispersos cristais primários, ou magmáticos, com tamanho não superior a areia muito fina. Entre os principais minerais primários identificados e representativos do ambiente vulcânico explosivo, encontram‑se pseudomorfos de β-quartzo, sanidina, biotita, zircão, apatita e ilmenita, além de fragmentos de quartzo e feldspatos (splinters). Mais raramente, encontram-se fragmentos de meso e macrocharcoals dentro das camadas de bentonita, que contrastam com a maturidade e tipo de matéria orgânica não vegetal do folhelho Irati. Com base na geoquímica da rocha e na cristaloquímica da montmorilonita neoformada nos níveis de bentonita, infere-se sobre a natureza do vulcanismo precursor. Ambas as metodologias apontam que nesse período as cinzas vulcânicas que alcançaram a Bacia do Paraná originaram-se de vulcanismo com composição intermediária, em concordância com o que é conhecido sobre as manifestações da Província Vulcânica Choiyoi Inferior, sincrônica com a sedimentação da Formação Irati na Bacia do Paraná.


Palavras-chave


Formação Irati; Bacia do Paraná; Permiano; Choiyoi; Bentonitas; Ca-montmorilonita.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v17-368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank