Ensino de Meio Ambiente e Geociências em Escolas Técnicas Estaduais de São Paulo: Estudo de Caso nas ETEs de Iguape e Santo André

Arlei Benedito Macedo, Carolina Maia Cotrim

Resumo


O Meio Ambiente tem adquirido uma importância cada vez maior para todas as comunidades do planeta, devido à percepção dos efeitos das ações humanas sobre a natureza. Esta importância resulta na necessidade de um ensino de boa qualidade das disciplinas de Geociências, em todos os níveis educacionais, tanto para o exercício consciente da cidadania quanto para atuação profissional nesse campo de conhecimento. Muitos cursos técnicos de nível médio do Estado de São Paulo oferecem disciplinas de Geociências; no entanto, muitas vezes as ementas dos cursos não são desenvolvidas por profissionais com conhecimento específico de Geociências. Um dos cursos com maior concentração de disciplinas de Geociências é o de Meio Ambiente, estudado neste trabalho. A partir do levantamento da situação atual do ensino das disciplinas de interesse, nas escolas do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, constatou-se que a soma de competências, que se declara desenvolver, é grande demais para que seja possível a capacitação de um Técnico em Meio Ambiente, dentro do tempo disponível para o curso, além de uma organização confusa das ementas relacionadas a algumas disciplinas, e da falta de condições para ensino e aprendizagem eficientes, não obstante o esforço de professores e funcionários. Recomenda-se um estudo rigoroso do currículo, no que se refere a competências e programas das disciplinas, elaboração de materiais didáticos, treinamento e fornecimento de condições para que as escolas possam exercer suas funções de ensino e extensão.

Palavras-chave


Geociências;Ensino técnico;Geologia;Iguape;Vale do Ribeira

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9087.v3i0p45-55

Apontamentos

  • Não há apontamentos.