Projeto de Criação do Curso de Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental - Instituto de Geociências/USP

Maria Cristina Motta de Toledo, Arlei Benedito Macedo, Rômulo Machado, Veridiana Teixeira de Souza Martins, Claudio Riccomini, Paulo Roberto dos Santos, Marcos Egydio da Silva, Wilson Teixeira

Resumo


O curso de Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental tem duração de 4 anos, 40 vagas e é um novo curso, noturno, criado em 2003, no Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. O licenciado formado difundirá o conhecimento integrado da natureza, destacando a ligação entre a história da vida e história geológica da Terra e as relações dos fenômenos naturais com os conteúdos abordados pela Física e pela Química, estendendo os processos naturais terrestres para a esfera da vida cotidiana da humanidade atual, e fazendo a ligação, portanto, dos processos naturais com os problemas ambientais. O profissional atuará na educação escolar, no ensino fundamental, médio e técnico, e não escolar, que abrange atividades em centros de educação ambiental ligadas ao planejamento com preocupações ecológicas, como museus, centros de Ciência, bibliotecas, parques, associações civis, ONGs, empresas ligadas ao planejamento de atividades de turismo com preocupações ecológicas ou com programas de educação ambiental. Sua atuação suprirá a lacuna de conhecimento sobre a Terra, materiais e processos geológicos e riscos urbanos, além de contribuir para a formação de cidadãos conscientes no uso e ocupação do meio natural e sensíveis aos problemas ambientais. Este artigo apresenta com detalhes o projeto de criação deste curso, seus objetivos, sua estruturação, enfatizando a importância das Geociências para a educação, em geral, e para a educação ambiental, em particular.

Palavras-chave


Geociências; Educação ambiental; Licenciatura; Educação em Geociências.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9087.v3i0p1-11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.