CARACTERIZAÇÃO GEOMÉTRICA DE DELTAS DOMINADOS POR RIOS SIMULADOS EXPERIMENTALMENTE SOB VARIAÇÃO DE CONDIÇÕES DE APORTE FLUVIAL E NÍVEL DE BASE

Rafael MANICA, Ana Luiza de Oliveira BORGES

Resumo


Este trabalho visa caracterizar geometricamente depósito deltaico gerado em laboratório a partir de diversas condições de aporte fluvial (vazão e suprimento de sedimentos), bem como de alteração de nível de base da bacia, buscando entender quais fatores são mais significativos na formação dos deltas e como se dá o processo sedimentar (progradação, compensação lateral e retro/agradação). Para cumprir os objetivos propostos no trabalho foram realizadas quatro séries de experimentos em tanque tridimensional, buscando controlar e variar os seguintes parâmetros de entrada: vazão, concentração e nível de base. Ao todo, 150 horas de simulação foram realizadas. Os resultados mostraram que a diminuição do nível de base e da concentração foram os principais fatores de mudança de geometria/forma dos deltas formados. O primeiro por criar mais espaço para a o avanço da frente deltaica, e o segundo, por provocar processos erosivos junto à planície fluvial e deltaica, transferindo esses sedimentos à jusante. Já a vazão fluvial também é importante, mas está mais condicionada à alta intensidade (capacidade de transporte) e curta duração (eventos catastróficos). A implicação dos resultados no estado da arte é discutida.

Palavras-chave


Aporte fluvial; Morfologia de deltas; Experimentos tridimensionais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank