CONFLITO DE USO DO SOLO EM ÁREA DE RECARGA DO ÁQUIFERO GUARANI NA BACIA DO MÉDIO RIO DAS CINZAS

Daniel Campanelli de ANDRADE, Teresinha Esteves da Silveira REIS, Luís Carlos REIS

Resumo


A falta de conhecimento sobre a aptidão agrícola das terras, assim como a ausência do planejamento para a implantação das culturas, tem causado impactos negativos ao meio ambiente. O objetivo do presente estudo foi analisar o conflito de uso dos solos em seis microbacias na área de recarga do Aquífero Guarani. A metodologia utilizada partiu da determinação do uso atual do solo e da aptidão agrícola das terras, que foram cruzadas utilizando técnicas de geoprocessamento e lógica booleana para a criação de mapas. Foram encontradas situações preocupantes em três microbacias que apresentaram superutilização em relação à aptidão agrícola. Constatou-se também que na maior parte da área estudada a utilização das terras está abaixo de seu potencial agrícola (subutilizadas), caracterizando sustentabilidade da utilização dos recursos naturais, particularmente dos solos. Porém, essa subutilização subentende desconhecimento das técnicas de produção agrícola, concomitante ao uso de práticas agrícolas inadequadas, o que pode gerar degradação ambiental das áreas de recarga, vitais para a qualidade das águas contidas no Aquífero Guarani.

Palavras-chave


Uso atual do solo; Aptidão agrícola; Incompatibilidade de uso do solo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank