CALIBRAÇÃO DE MODELOS FÍSICOS DE ESTABILIDADE DE ENCOSTA: UM ESTUDO DE CASO EM NOVA FRIBURGO (RIO DE JANEIRO, BRASIL)

Claudia Paola CARDOZO, Eymar Silva Sampaio LOPES, Antonio Miguel Vieira MONTEIRO

Resumo


Os movimentos de massa causam enormes danos econômicos e mortes em todo o mundo. O “Mega desastre” na região montanhosa do Rio de Janeiro ocorreu nos dias 11 e 12 de Janeiro de 2011 e atingiu sete municípios. Estes eventos de movimentos de massa são considerados o pior desastre da história brasileira. Este artigo apresenta simulações com regiões de calibração única e múltiplas com base em SINMAP (Stability INdex MAPping) em Nova Friburgo. Os resultados obtidos foram analisados para quantificar a discrepância espacial entre os deslizamentos provocados pelo evento de Janeiro de 2011 e as predições do modelo. A confiabilidade de cada simulação também foi avaliada através da análise ROC e os resultados significativos são destacados. As limitações na disponibilidade de dados, em particular, a falta de parâmetros geotécnicos verificados em algumas áreas podem ter comprometido o desempenho preditivo dos modelos.


Palavras-chave


Movimentos de massa superficiais; Modelagem SINMAP; Estabilidade de encostas Brasil.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank