ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS MÉTODOS DE COMPACTAÇÃO DE SOLOS POR IMPACTO E AMASSAMENTO

DANIELLE SAVALA VIEIRA SOBREIRA, ADRIANO ELÍSIO DE FIGUEIREDO LOPES LUCENA, LÊDA CHRISTIANE DE FIGUEIREDO LUCENA, TALITA MIRANDO DE SOUSA

Resumo


A compactação Proctor por impacto representa o método de laboratório ainda mais empregado mundialmente para determinar a massa específica seca máxima e umidade ótima dos solos. Procedimentos de compactação de camadas de solo no campo se desenvolveram muito nos últimos anos no que diz respeito a técnicas e tecnologias, e em contrapartida, os ensaios de Proctor permaneceram inalterados. Por conseguinte, um método mais moderno de compactação de solos em laboratório é necessário devido os ensaios Proctor não simularem com precisão métodos de compactação de campo moderno, que dependem de uma combinação de amassamento, vibração e impacto. Uma alternativa que simula estes mecanismos de compactação em amostras no laboratório é com o uso do Compactador Giratório Superpave (CGS). Este trabalho propõe comparar o efeito da Compactação Proctor (por impacto) e da Compactação CGS (por amassamento) usando três energias (Normal, Intermediário e Modificado) em três tipos de solos (arenoso, siltoso e argiloso). Foram realizados ensaios tais como: compactação, resistência à tração por compressão diametral e resistência à compressão simples. De um modo geral, esta pesquisa mostrou que a compactação giratória no CGS é um método viável de compactação de solo em laboratório.


Palavras-chave


Compactação de solos; Método Proctor; Compactador giratório Superpave.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank