ESTIMATIVA DE CONCENTRAÇÃO DE SEDIMENTOS EM SUSPENSÃO A PARTIR DE IMAGENS LANDSAT 8 EM PCHS NO RIO IVAÍ-RS

DANIELA WANCURA BARBIERI PEIXOTO, LAURINDO ANTONIO GUASSELLI, WATERLOO PEREIRA FILHO

Resumo


Nas últimas décadas o uso de sensores remotos tem ganhado destaque na estimativa e na análise da dinâmica da distribuição espacial da concentração de sedimentos suspensos, com potencial para o monitoramento de rios e reservatórios. Assim este trabalho objetiva avaliar o uso de Imagens Landsat 8 (banda 4, com faixa espectral de 640 - 670 nm) para estimar a concentração de sedimentos em suspensão medidas nas três PCHs no rio Ivaí, RS. Foram utilizadas 4 imagens em reflectância disponibilizadas pela USGS (https://earthexplorer.usgs.gov) e 4 dados de TSS coletados em campo nas três PCHs em estudo afim de gerar o modelo matemático, formando 3 pontos por campo, totalizando 12 pontos de correlações. Os valores de reflectância da banda 4, com centro de banda no comprimento de onda de 655 nm, foram correlacionados com dados de TSS. Utilizou-se o modelo exponencial que obteve o melhor ajuste de R2 (0,84) com a equação y= 1,6865e0,1058x. Verificou-se que as imagens Landsat 8 (banda 4) mostraram bom desempenho em condições específicas do ambiente aquático caracterizando a deposição dos sedimentos devido ao efeito cascata.


Palavras-chave


Reflectância; Sólidos Suspensos; Reservatórios; Landsat 8; Estimativa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank