ANÁLISE GEOQUÍMICA DE ROCHAS SEDIMENTARES ARGILOSAS A PARTIR DO CONTEÚDO DOS ELEMENTOS MAIORES, PERDA AO FOGO E DIFRAÇÃO DE RAIOS X

MARIA MARGARITA TORRES, SÉRGIO RICARDO CHRISTOFOLETTI, DIEGO DE SOUZA SARDINHA, LETÍCIA HIRATA GODOY

Resumo


Foram realizados estudos geoquímicos em rochas sedimentares argilosas da Formação Corumbataí - unidade geológica da Bacia do Paraná, utilizadas como matéria prima na obtenção de produtos cerâmicos, objetivando extrair informações a partir das análises químicas dos elementos maiores aliadas às descrições de campo. Através destas informações foi possível estabelecer diferenças e similaridades entre os estratos argilosos de três minerações localizadas em diferentes municípios da região estudada. Foi dada especial importância à perda ao fogo, uma vez que esta determinação resulta principalmente da liberação de CO2 e/ou água durante o aquecimento a 1000°C. As relações usadas para óxidos/elementos químicos, quando lançadas em gráficos, mostram agrupamentos e/ou sequências resultantes da proporção, tipos de componentes e estados de alteração dos materiais amostrados, o qual foi verificado mediante análise por difração de raios X. Também foi abordado o efeito fundente de certos elementos a temperaturas maiores que 1000°C tais como sódio, o qual pode modificar o comportamento observado quando se usa como variável a perda ao fogo.


Palavras-chave


Rochas sedimentares; Geoquímica; Argilas; Cerâmica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank