ANÁLISES DE COR E IMAGEM DAS ROCHAS ORNAMENTAIS BUTTERFLY BEIGE, BUTTERFLY GOLD E BUTTERFLY GREEN EXPOSTAS A ALTAS TEMPERATURAS

THIAGO MOTTA BOLONINI, ANTONIO MISSON GODOY, CARLOS ALBERTO MACHADO FIGUEIREDO, ANTÓNIO MAURÍCIO, MANUEL FRANCISCO PEREIRA, IGOR MAGALHÃES CLEMENTE, FRANCISCO DIONES OLIVEIRA SILVA

Resumo


São estudadas as rochas ornamentais Butterfly Beige, Butterfly Gold e Butterfly Green correspondentes a quartzo sienitos com hiperstênio que são exploradas em Barra de São Francisco-Espírito Santo, Brasil. O objetivo é analisar os efeitos estéticos, bem como quantificá-los, depois de submetidas à exposição de temperaturas elevadas a partir de análises comparativas das imagens, das cores e das respectivas características petrográficas. Os valores para os coeficientes de correlação (r) entre as rochas, já nos primeiros 200ºC, mostram descaracterizações moderadas, sendo as rochas bastante afetadas pela temperatura. As alterações causadas pela ciclagem térmica somada à umidade aceleram o processo de oxidação do Fe. Além disso, por histerese, a ciclagem implica a geração de microfissuras e o alargamento dos planos de clivagem dos minerais, bem como ofusca os contatos entre eles, facilitando a percolação de fluidos (água) e aumentando o grau de oxidação do Fe ao mesmo tempo em que facilita a disseminação do Fe(OH)2. Frente aos resultados obtidos, sugere-se que as rochas estudadas (principalmente a variedade Green) sejam utilizadas em revestimentos de ambientes internos e que fontes de calor, como o sol, em revestimentos externos, podem acelerar o processo de modificação das cores em função da presença de minerais ferro-magnesianos e, principalmente, do Fe (OH)2 passíveis de oxidação.


Palavras-chave


Rochas Ornamentais; Fadiga Térmica; Descaracterização Estética; Padrão de Cor RGB.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank