DETERMINAÇÕES K-Ar NA REGIÃO DO CURSO MÉDIO DO TOCANTINS

J. S. ALMARAZ U.

Resumo


São apresentados onze resultados de datações pelo método K-Ar em amostras localizadas no Complexo Cristalino da região sudoeste do Estado do Pará. Sete idades radiométricas tem seus valores estabelecidos em torno de 2.0 bilhões de anos, e correspondem a rochas de zona cratônica estável pelo menos a partir dessa época. Uma amostra de anfibolito forneceu o resultado de 2.540 m. a., idade mais antiga registrada na área, e de interpretação ainda não definida. Um evento geológico de 495 m. a. é registrado por intrusiva básica (diabásio). Para outro diabásio foi determinada a idade de 225 m. a., correlacionável com a época do vulcanismo básico que afetou as bacias sedimentares do Maranhão e do Amazonas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.